fbpx

Lean Manufacturing: como ela pode contribuir para a produção em laticínios?

  • Artigos
lean manufacturing
Compartilhe:

O equilíbrio entre qualidade e produtividade é uma busca constante no segmento de lácteos. Como produzir mais e em menos tempo, sem que o produto perca sua excelência técnica? Pensando nesse sentido, uma boa estratégia é implementar a chamada Lean Manufacturing.

A metodologia Lean trata de um conjunto de ferramentas que auxiliam na identificação e eliminação das perdas geradas nos processos industriais.

Ela permite a identificação de fragilidades na rotina, contribuindo assim para o aumento da produtividade, melhoria da qualidade, redução dos custos e também para o aumento da motivação e da participação dos colaboradores.

Quer saber mais sobre esse método e como ele pode ser útil para sua produção? Então nos acompanhe neste artigo!

O que é a metodologia Lean

Estamos em um contexto cheio de oportunidades, principalmente agora, em que a tecnologia digital revolucionou a experiência de compra e os consumidores têm novas expectativas. 

Sabemos que o cliente busca produtos de qualidade, que tem uma consciência social e ambiental maior e se preocupa em comprar de empresas que também defendem esses valores. Um futuro mais sustentável é uma pauta importante.

Para conseguir evoluir em meio a esse cenário desafiador, as empresas precisam investir cada vez mais na melhoria de seus processos produtivos. É importante responder de maneira ágil a essas novas necessidades do mercado, garantindo a qualidade e o bom preço.

Agregar valor aos sistemas de produção é possível através da metodologia Lean (ou Lean Thinking), que tem como principal meta a eliminação de desperdícios, ou seja, todas as atividades que não agregam valor — nem para o produto, nem para o cliente.

Essa “metodologia enxuta”, como chamamos em português, é baseada no  Sistema Toyota de Produção (STP) e foi desenvolvido na indústria automobilística. Ao redor do mundo, ela se tornou uma referência em gestão de processos industriais.

Os princípios da Lean Manufacturing

Para entender melhor a metodologia Lean, é preciso conhecer os 5 princípios que a orientam. São eles:

1. Identificar valor

Nesta primeira etapa, a preocupação está em conhecer as necessidades do cliente, pensando sempre em fornecer exatamente aquilo que ele precisa. 

É preciso considerar que a geração de valor para um produto é algo que parte do fabricante por meio de uma série de combinações, ações, atividades e processos, que visam satisfazer os anseios do consumidor.

2. Mapear a cadeia de valor

Quais são as etapas necessárias para desenvolver aquilo que o cliente realmente precisa? Esse é o momento de definir as atividades da cadeia de produção que são fundamentais para gerar resultados satisfatórios.

Isso inclui avaliar quais as tarefas são desnecessárias e podem ser eliminadas do fluxo de produção, identificando possíveis falhas que podem surgir pelo caminho.

3. Criar um fluxo contínuo

Após estabelecer um alinhamento entre as etapas essenciais da produção, é preciso fazer com que elas de fato criem um fluxo contínuo. Isso significa reduzir o tempo de espera entre uma atividade e outra, mantendo a demanda em um ritmo de pedido e entrega.

O objetivo aqui é produzir e distribuir o produto de maneira ágil.

4. Estabelecer a produção “puxada”

Esse princípio da metodologia Lean propõe uma produção baseada em demandas reais. Ou seja, a indústria cria um fluxo de produção “puxada” pelo cliente, que solicita a compra conforme suas necessidades.

Isso faz com que não seja necessário “empurrar” o produto para o cliente, assim como reduz os desperdícios e o tempo de entrega.

5. Buscar a perfeição

A metodologia Lean também incentiva o aperfeiçoamento constante, visando atingir a perfeição no sistema de produção. 

Sendo assim, todos os envolvidos são convidados a participar, sugerindo melhorias em cada uma de suas atividades e na forma como o trabalho é organizado. 

Em vários casos, essa melhoria é feita através de um encontro periódico com os colaboradores, na qual é feita uma revisão do processo já executado e todos podem dar sugestões de como melhorar.

A metodologia Lean em laticínios

A indústria de laticínios é uma das que mais tem dificuldade em conseguir escalar a produção sem perder a qualidade, assim como acontece em toda indústria alimentícia, de maneira geral.

O principal benefício da metodologia Lean para esse segmento é a sua notável eficiência em auxiliar na identificação de processos que precisam ser melhorados. Essa é uma ferramenta extremamente válida quando se buscam melhorias significativas na dinâmica de fabricação, especialmente considerando a segurança microbiológica. 

Além disso, essa se mostra uma alternativa interessante por sua aplicação simples e de baixo custo para os produtores, mas que pode aumentar a produtividade em até 300%, como foi observado por meio dos resultados surpreendentes de uma ação do Sistema FIEMG.

Se você gostou de saber mais sobre a Lean Manufacturing, conheça também os 3 pilares do controle de qualidade em laticínios!